domingo, 25 de junho de 2006

Tu sozinho não és nada

Desejo a todos aqueles que se encontram de férias, umas optímas férias!!! Eu infelizmente ainda não estou...mas tambem já faltou mais!!!
Sabem acho que este verão vai ser diferente, ainda não sei bem em que sentido mas vou me esforçar para que seja... estou a precissar de uma pausa para reflectir sobre um assunto que algum tempo me anda a cercar o pensamento e o coração...quem me conheçe sabe qual é, mais ainda é cedo para partilhar com todos os que leem o meu blog, peço desculpas mas fiquem com o importante, o futuro deve ser vivido e reflectido consoante o que Deus quer de nós e essa vontade tem que ser também a nossa...para podermos ser Felizes e não nos enganharmos a nós mesmos...
Mais um conto para reflectirem... este é uma grande verdade sozinhos não somos realmente nada!!!

Tu sozinho não és nada
O novo director de uma fábrica de tecidos chegou sem cumprimentar ninguém. Mandou chamar o representante dos trabalhadores e disse:
- Sou a partir de hoje o novo director. quero wue a fábrica funcione bem. Transmita isto ao pessoal.
-Senhor director, vamos os doisa ter com os trabalhadores, porque juntos será melhor. Além disso, ficarão a conhecer o seu novo chefe.
O novo director, com uma ar de arrogante, desceu até à secção de trabalho. Disse:
- Sou o novo director. quando dirijo uma fábrica, eu faço-a funcionar e render.
Imediatamente os teares pararam e os trabalhadores cruzaram os braços. O mais atrevido falou:
- Patrão, continue assim. faça a sua fábrica funcionar!
O arrogante director aprendeu a lição : teria de conquistar a amizade dos operários, pois sozinho nada conseguiria.
Moral da História
Os operários precisam do patrão: e este precisa dos operários. cada qual na sua missão, é juntos que conseguirão que a fábrica funcione e produza.
Por conseguinte, dever existir uma colaboração mútua, num clima de amizade.
Os patrões devem cumprir os seus deveres, respeitando a dignidade dos trabalhadores e pagando-lhe salários justos. Por sua vez, os trabalhadores devem cumprir os seus deveres, trabalhando com honestidade e competência.

3 comentários:

Mamã disse...

Olá,Deia! kt a exe axunto k te anda a cercar já há algum tempo axo k já sbs kal é a mnh opinião e k pds kontar kmg para td.No k toka ao post, nele xtá uma grande vrdd d k mt gente se xkece.Só pelo título já é um grande post, poix nós soxinhos ñ somos nd.Para kem pensa k é alguma koisa sem os outros, pende se k se ninguém lhe tivesse ensinado a flr, k ñ falava;k se ninguém se tivesse ensinado a andar - ñ andava; se ninguém lhe tivesse ensinado os valores d vida e komo se haveria d comportar-provavelmente seria um selvagem.Poix é, todos nós precisamos uns dos outros.Se ñ tivesse conhecido as pexoas k conheço e se na mnh vida ñ me tivesse cruzado k algumas pexoas k me marcaram, certamente ñ seria a pexoa k sou hj(nem nenhum d nós seria a pexoa k é hj).xte post traduz-nos ixo msm o patrão fax os empregados e os empregados faxem o patrão.O novo director k entrou para a fábrika julgava-se o maior, e pensava k só k ele a fábrika funcionava (ms ñ há fábrika sem empregados e ñ há patrão sem empregados, pk se ñ ñ é patrão) xte director xkeceu-se deste pekeno grande pormenor, então foi arrogante e kom a arrogância ñ se vai a lado nenhum (só po caminho da solidão).Sejamos honestos, simples, competentes e ñ arrogantes k a mania da superioridade k ixo ñ nos vai trazer felicidade. Amemo-nos uns aos outros poix assim caminharemos para a felicidade.Ñ nos xkeçamos d respeitar a intefridade humana d todas as pexoas.tratemos os outros komo desejamos k nos tratem a nós.
Xau mts jinhos

Cácá disse...

"Tu sozinho não és nada", mais claro k isto não pode ser. Só o titulo diz td.


bjxxxx

chicaloira disse...

humm... pois é todos precisamos de uma pausa pa refectir, e quando se trata do futuro mais necessaria ela é... o importante é continuares a ser como és, e nunca desistires dos teus sonhos!! se eu puder ajudar, ca estou eu!! pois como diz o teu post, sozinhos nao somos nada! beijokas